Ensine a sua filha os oito passos da pele e do cabelo ideais

Especialistas ensinam lições de beleza que devem passar de uma geração a outra

Adolescência costuma ser um período de crise para o jovem e também para família, que precisa lidar com discussões mais frequentes e as dificuldades emocionais e de comportamento típicas deste período. “O primeiro alvo dos adolescentes está dentro de casa, é o pai ou a mãe. São pessoas que ele conhece e, portanto, sente-se mais vontade para copiar ou contradizer”, afirma o psicólogo Felipe Pena, da Universidade Federal Fluminense. No caso das meninas, os cuidados com a aparência não ficam de lado: é a partir do exemplo da mãe que surge a inspiração para cuidar da pele e dos cabelos.

A mãe pode incentivar uma consulta ao dermatologista, esclarecendo a filha sobre os principais cuidados com pele, e também ajudar na escolha dos produtos e tratamentos próprios para a faixa etária mais jovem. Veja a seguir as lições que, segundo os especialistas, devem passar de uma geração a outra quando o assunto é beleza aliada à saúde.

Protetor solar
Passar protetor solar todos os dias pela manhã, logo após lavar o rosto é um hábito que só traz benefícios, principalmente se for iniciado cedo. De acordo com a dermatologista Bárbara Uzel, do Hospital Anchieta, em Brasília, a prevenção solar deve começar na infância, já que os danos causados pelos raios UVA e UVB são cumulativos e ocorrem principalmente nos primeiros 25 anos de vida. “No entanto, os efeitos só irão aparecer mais tarde, por volta dos 50 anos, na forma de manchas e rugas”, afirma.

Lavar o rosto
Esse deveria ser um hábito de higiene diário, assim como tomar banho. O sabonete especial para o rosto retira as impurezas e prepara a pele para receber cremes e outros produtos indicados pelo dermatologista. “A frequência vai depender do grau de oleosidade da pele: uma vez por dia para peles secas e duas a três vezes para pele oleosas, como a maioria das adolescentes”, afirma a dermatologista. “O ideal é usar sempre água fria, preferir sabonetes adequados para o seu tipo de pele e não esfregar a toalha no rosto na hora de secá-lo”, afirma Bárbara Uzel.

Retirar a maquiagem antes de dormir
Para evitar que a pele fique com resíduos acumulados, entupindo os poros e aumentando o risco de aparecerem cravos e espinhas – o terror de muitas adolescentes! – é essencial retirar a maquiagem antes de dormir. Sempre. “Além de evitar a acne, retirar a maquiagem previne contra alergias e até mesmo conjuntivite”, diz a dermatologista Carolina Marçon, da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Se você fica insegura de deixar a sua filha aplicar maquiagem por dos agentes químicos que compõem os produtos, vale ficar de olho nos cosméticos específicos para adolescentes. “A maquiagem para jovens é mais leve e menos oleosa, por conta da fase hormonal”, explica Carolina. “Nessa fase, o pó compacto deve ser evitado, pois aumenta a formação de espinhas”.

Esfoliação
Sabonetes e hidratantes com grânulos para esfoliação ajudam a retirar impurezas do rosto, renovar as células e até evitar pelos encravados. A dermatologista Carolina afirma que a esfoliação pode ser iniciada quando a pele começar a sofrer mudanças, como o aparecimento de espinhas e aumento da oleosidade. “O método é indicado para adolescentes e adultos. Antes dessa idade ela não é recomendada”, afirma. Segundo a dermatologista, a esfoliação pode ser feita uma ou duas vezes por semana e a aplicação do creme deve ser em movimentos circulares suaves. “Podendo escolher o horário para o tratamento, opte pela noite: assim, a pele fica hidratada, absorvendo bem o produto durante o período do sono”, diz.

Hidratantes para pele
Seja mãe, pai, filho ou filha – todos devem usar um creme hidratante para o corpo após o banho, pois a água e o sabonete retiram a hidratação natural da pele. “No rosto, a partir da adolescência já é possível utilizar hidratantes próprios para peles oleosas”, conta a dermatologista Bárbara. Na idade adulta, é importante procurar a orientação de um dermatologista e usar hidratantes adequados para cada tipo de pele.

Drenagem linfática
A drenagem linfática é um tratamento que auxilia na melhora da retenção de líquido e diminui a celulite, dois problemas que surgem devido a alterações hormonais típicas da adolescência, após o início da menstruação. “A drenagem linfática na adolescência, entretanto, requer indicação de um especialista”, afirma Carolina Marçon.

Hidratar o cabelo
O brilho e a maciez dos cabelos não dependem só de bons produtos, é indispensável seguir uma rotina de cuidados e hidratação semanal está entre eles. “Estes tratamentos são, geralmente, à base de proteínas e queratinas que hidratam e deixam os cabelos mais maleáveis, sedosos e brilhantes”, afirma Carolina Marçon. Se o seu cabelo tende ao ressecamento, vale fazer uma hidratação mais profunda no salão a cada mês e usar ampolas para a manutenção em casa. A rotina fica completa com o uso de xampu e condicionador específicos para o seu tipo de cabelo, sempre enxaguados com água fria ou morna – a água quente retira o brilho dos fios.

Limpeza de pele
A poluição, a oleosidade e as impurezas eliminadas pelo nosso organismo através da pele formam uma crosta no rosto, obstruindo os poros e fazendo com que a pele não consiga respirar direito. Por conta disso, é importante fazer uma limpeza de pele uma vez por mês ou a cada 15, no caso da pele com acne. “A limpeza deve ser feita com produtos de acordo para o tipo de pele, a após o procedimento sua pele estará pronta para receber qualquer creme ou tratamento”, diz a dermatologista Bárbara Uzel.

 

Fonte: Minha Vida